"Aproveite o curto dia da existência:

Viva. não economize o poder e a força de suas asas." (rumi)

Seguidores

sexta-feira, agosto 5

Noturno


O aço dos meus olhos
E o fel das minhas palavras
Acalmaram meu silêncio
Mas deixaram suas marcas
Se hoje sou deserto
É que eu não sabia
Que as flores com o tempo
Perdem a força
E a ventania vem mais forte.

Hoje só acredito
No pulsar das minhas veias
E aquela luz que havia
Em cada ponto de partida
Há muito me deixou
Há muito me deixou

Ai, Coração alado
Desfolharei meus olhos
Nesse escuro véu
Não acredito mais
no fogo ingênuo da paixão
São tantas ilusões
Perdidas na lembrança
Nessa estrada
Só quem pode me seguir sou eu
Sou eu, sou eu, sou eu
(fagner)

4 comentários:

  1. Querida ando ausente do blog , mas hoje enconttrei um tempinho e vim agradecer seu carinho no meu recanto. Desejo a ti e fammilia um bom fim de semana bjus.

    ResponderExcluir
  2. hummmmmmmmmmmmmmmm adoro esta do Fagner.. sou cearense viu? kkkk amiga ando em falta com os amigos, mas saibas que estás no meu coração, é que minhas férias se aproximam e muito a fazer... Que tenhas dias de luz e noites cheias de amor. Um beijo doce no coração!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado querida Lindalva.. seu carinho é sempre bem vindo.

    ResponderExcluir
  4. Vinha.. não se preocupe, todos andamos sem tempo. Mas obrigado por ter estado aqui. Bjus

    ResponderExcluir