"Aproveite o curto dia da existência:

Viva. não economize o poder e a força de suas asas." (rumi)

Seguidores

segunda-feira, abril 28

Procuro o sentimento AMOR

Muita tempo de se passou desde que estive aqui ..
Muitas coisas mudaram em minha vida
Muitas pessoas passaram, 
Outras chegaram,
e outras partiram.
Muita coisa mudou, muita coisa se transformou, muita coisa
acabou.
Ficou um vazio em mim!
Me sinto num abismo.. prestes a cair a qualquer momento.
Procurei a felicidade! Busquei a felicidade..
Nao a encontrei.. 
visualizei, sonhei, toquei, mas nao a senti!
Hoje me sinto perdida,
procurei todos os tipos de curas, 
procurei ajuda, supliquei ajuda para que esse
vazio, essa vontade de chorar, essa sensação e abandono passasse.
Me sinto como uma orfa, me sinto sem ninguém, me sinto sem amor.
Me sinto frágil, mas ao mesmo tempo me sinto como uma rocha,
mas ate quando?? Tenho medo que essa rocha se quebre e que venha
a me despedaçar.
Se o amor é o sentimento mais generoso, bondoso, porque ele esta tao distante
de mim?
Preciso de amor, preciso me sentir amada.
Procuro a felicidade, procuro a alegria, procuro
um sentimento que nao seja apenas o sentimento de solidão.


2 comentários:

  1. Olá Maria Albertina.

    Cheguei até aqui através da indicação de amigos comuns e já estou seguindo seu blog.

    E se você acredita no amor nesta sociedade dos desencontros ,se exercita sempre no abraço fraterno e nas mãos dadas que transcendem,enaltecem, valorizam e encantam a vida de cada um de nós,convido a participar de dois meus blogues cujo temática é essa única forma de nos mantermos de pé e apostar que a vida é diferente para quem ama.

    Confira: e ficaria honrado com sua presença:

    FALANDO SÉRIO.
    http://ptamburro.blogspot.com.br/

    FRAGMENTOS DO ACASO
    http://paulotamburrosexo.blogspot.com.br

    Um abração carioca.

    PS.Não pare de escrever!!!

    ResponderExcluir
  2. Paulo Tamburro

    Busquei me encontrar
    Eu acredito no AMOR. Sinto o AMOR. Vivo o amor.
    Senti necessidade dessa busca.

    Voltarei a escrever
    Gratidão.
    Abraços

    ResponderExcluir